Vivendo intensamente...

Quase um diário de viagem, ideias e pensamentos.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Refúgio do caos em Ilha Grande




Sinto a grande necessidade de sair da Babilônia, da cidade de pedra, de toda a poluição que destrói nosso frágil cérebro, de todas as mentiras, de toda hipocrisia. Sinto a necessidade de sumir de mim mesma.
Bom, foi mais ou menos assim que fui parar em Ilha Grande, um paraíso tão perto de casa. Apenas 3 horas de viagem e estamos lá, desembarca na Vila de Abrãao e perca-se em tantas belezas.

Uma dica, para fazer uma limpeza espiritual e liberar todas as toxinas que você trouxe de casa.Vá fazer uma caminhada.
Antes de fazer todos os passeios na ilha, os que tem para todos os bolsos e gostos.
Faça uma caminhada leve, vá em direção a trilha para Lopes Mendes, mas pare na primeira prainha. É uma delícia e bem tranquilo. E o melhor, não é tão longe e nem tão perto.

Tenho muita coisa para falar sobre a Ilha grande, mas vou citar algumas coisas que acho importante:

-Não tem banco, leve seu cofrinho!
-Não tem carro, leve um bom tênis!
-Não aceita cartões na maioria dos lugares, leve mais um cofrinho reserva!
-Não saia das trilhas, você pode encontrar desde uma cobra gigante até um macaco furioso!
-Não abandone seu lixo em qualquer lugar, gostaria que fosse na sua casa?
-Não aceite a primeira oferta de hospedagem que te oferecerem, a ilha tem várias opções.
-Não esqueça um repelente, os mosquitos podem te carregar a noite!
-Não brigue, sorria!
-Não se irrite, sorria mais!
-Não esqueça de esquecer que aqueles dias são preciosos e vão acabar logo, aproveite cada segundo!

Você pode ir para qualquer lugar no mundo e se sentir feliz. Mas nenhum lugar no mundo vai ser bom se você não deixar que seja.
Reflita!

Um comentário:

  1. Uau! Estou com essa necessidade ultimamente. Ah!... E eu sei: Ilha Grande é tão perto, mas a gente acaba não indo.u_u Irei! Vou começar a pensar nessa possibilidade real.
    Gostei muito da postagem. ^_^ Beijo!

    ResponderExcluir