Vivendo intensamente...

Quase um diário de viagem, ideias e pensamentos.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Jalapão - Formiga





Jalapão ainda está no topo do melhor lugar na terra que já vi.
Incrível a história de como chegamos lá, mas depois eu conto essa parte da aventura.
Mas resumindo, se você quer conhecer o famoso deserto úmido do Brasil, vá preparado para ver belezas nunca vistas, sensações inéditas e muita espirito de aventura.
Primeiro de tudo; como está pensando em ir ???
Carro, moto, avião, ônibus???
Carro só 4 x 4 mas nós fomos de Uno Fiat novo, tranquilo, apesar de TODOS dizerem que seria quase impossível...well, sendo quase impossível, não significa que seja.
Mas sim, o carro não suporta de novo uma viagem como aquela e muitos lugares deixamos de visitar por não ter tração nas rodas.
São 197 km de Ponte Alta - Tocantins, que fica uns 250/300 km de Palmas.
Levamos quase 6 horas, depois de atolar o carro e ter que voltar em Ponte alta para calibrar os pneus de novo.
Descanse por lá, não tem como pegar a estrada de uma vez só. A estrada para Mateiros, o vilarejo onde você ficará hospedado é ruim, o máximo que conseguíamos correr será 60km por hora, e quando isso acontecia era uma festa.
Há trechos com buracos profundos, tem horas que parece a lua com muitas pedras gigantes espalhadas na estrada.
Mas em partes está bem tranquila, num 4x4 com certeza você nem precisará esquentar muito com isso.
Mateiros é um vilarejo, nada de luxo, nada de bancos 24h, nada de restaurante, não há hotéis grandes.
Pessoas humildes e simpaticamente tímida só olhando o movimento de quem entra e sai.
Ficamos numa modesta pousada da qual não lembro o nome, mas fica em frente a casa da Dona Rose, mulher arretada que prepara uma comida caseira deliciosa. É um PF bem servido e na verdade é o único lugar pra comer em Mateiros.
Na pousada pagamos 25 reais a diária pra um casal em Julho, nada mal.
Com um café da manhã sem luxo, mas delicioso, o melhor pão com manteiga que já comi.
Ah, e os quartos tem banheiro e mosquiteiro, essencial.
Passeio são vários, normalmente sai grupos com picapes já de Ponte Alta.
Bom, a foto de hoje se refere a um desses passeios, a cachoeira da Formiga.
Meu queixo foi no pé e matou uma formiga qual estava me picando..rs...que irônico.
A água é um verde esmeralda que seus olhos mal acreditam.
Ah sim, levem óculos de mergulho, a melhor coisa que fizemos foi comprar um bom.
Você simplesmente mergulha e não quer mais voltar a superfície  a vida embaixo daquelas águas é uma coisa inexplicável. Água transparente, peixinhos e areia brilhando...
Você paga R$5 reais e desfruta de um momento único.
Infelizmente é uma cachoeira que parece juntar muita gente, estava meio bagunçado quando fomos, mas a beleza supera qualquer coisa.
Ah, cuidado com as formigas...olha bem onde pisa, fiquei com meus pés feridos e dói muito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário